LiveZilla Live Help

Carrinho

  • Nenhum produto no carrinho.
  • Português
  • English
  • Español

Author Archives: admin

a-musica-quer-voce

A MÚSICA QUER VOCÊ

a-musica-quer-voce2A ABEMUSICA acredita que a musica esta ao alcance de todos e, por isso criou uma campanha ON LINE “A MUSICA QUER VOCÊ” que tem o objetivo de incentivar as pessoas a conhecerem mais os benefícios da musica, estimular o interesse ao aprendizado da musica em qualquer fase da vida e, principalmente promover o mercado de instrumentos musicais, áudio e acessórios.

Fizemos a campanha na primeira pessoa do singular, EU SOU A MUSICA, E ESTA É A MINHA PAGINA. PARTICIPE DO MEU MUNDO! Esta campanha será compartilhada a um grande número de profissionais de musica ou não. Afinal a musica é para todos!

a-musica-quer-voce3

dicas-efeitos-atmosfericos

Efeitos Atmosféricos?

dicas-efeitos-atmosfericos

 Incorpore-os ao show, evento ou a sua apresentação atreva-se a integrá-los e veja a diferença!

Estamos seguros de que mais de uma vez você pensou como lhe dar um toque especial a seu espetáculo, concerto… Neste artigo vamos comentar brevemente quais são os diferentes efeitos atmosféricos que você pode integrar em seus eventos, quais são as máquinas e acessórios adequados para consegui-los e, por último e não menos importante, que líquidos são necessários?

Fumaça:

dicas-efeitos-01O efeito fumaça consegue-se aquecendo um líquido até que a reação química o converte em vapor. É uma nuvem muito densa que sairá da máquina e que ficará claramente delimitada no espaço.
Denominam-se FOGGER às máquinas tradicionais de fumaça com as que criamos este efeito. Sua característica principal é que permitem conseguir um efeito rápido e de grande volume. Precisam um período de esquentamento, que vai variar dependendo da cada modelo.
Os líquidos que utilizam as máquinas FOGGER de todas as marcas são produzidos em base de água, as linhas de líquidos de USA são os Pro, Dj, Out Door, Stage & Studio, Low Fog y Haze Oil-Free. Diferenciam-se na densidade de fumaça que se consegue e no efeito final que se logra de acordo ao líquido utilizado.

Neblina:

dicas-efeitos-02Quando falamos de neblina nos referimos à necessidade de conseguir criar um ambiente de fumaça uniforme… e não a uma nuvem compacta, como no caso da fumaça.
No caso da neblina, fazemos que as partículas que saem da máquina estejam a temperatura ambiente. Ao não estar mais quente que o ar, a fumaça tende a se expandir mais lentamente, mas cobrindo uniformemente o espaço e criando uma atmosfera mais homogênea.
Com as máquinas Hazers podemos conseguir esta neblina através de dois sistemas, que se diferençam principalmente no tempo necessário para conseguir o mesmo volume e a estabilidade da partícula no ambiente.
•A primeira opção é a que utiliza a tecnologia HAZER. Consiste em descompor um líquido
(Baseado em azeite) injetando ar com um compressor. Desta maneira conseguimos o efeito imediatamente, sem necessidade de esquentamento da máquina. O líquido que utilizam estas máquinas é o Haze Crack-Oil.
A máquina HAZER é mais lenta do que outros modelos, mas tem a vantagem que a partícula que cria se mantêm mais tempo no ambiente.
•A segunda opção para conseguir o efeito neblina é a tecnologia denominada FAZER. Sua principal vantagem é que permite conseguir mais rapidamente o efeito, em menor tempo que uma HAZER, embora seja necessário aquecer o líquido para conseguir o efeito. Neste caso, a fumaça não sai diretamente ao exterior desde a caldeirinha senão que um ventilador refrigera a fumaça num compartimento, antes de ser expulso.
O líquido que utilizam as máquinas FAZER de todas as marcas é o Haze Oil-Free de USA.

Os objetivos fundamentais a atingir quando utilizarmos máquinas de efeitos de neblina e fumaça são a criação de ambientes e o reforço dos efeitos de iluminação.
As aplicações mais frequentes dos efeitos de fumaça e neblina são: a refração de fachos de luz em cenários e shows laser, a criação de espaços, ambientes e atmosferas de ficção em todo tipo de desenhos cênicos e em locais destinados ao lazer.
Além disso, é um reforço insubstituível na iluminação ambiental e de espetáculos. As partículas de fumaça e neblina “flutuam” em suspensão no ar do espaço cênico, servindo de “suporte sólido” para que a iluminação seja “vista no vazio”. Com isso conseguimos efeitos de movimento, de dramatismo e de volumetria, que criam um grande impacto visual.
É importante destacar como uma simples e econômica máquina de efeitos atmosféricos pode contribuir a melhorar notavelmente o resultado de uma determinada produção.

Fumaça baixa

dicas-efeitos-03A principal característica deste efeito é que a fumaça não tende a subir, senão a baixar.
Antes de sair do aparelho, a fumaça passa por uma zona na que é refrigerada. A temperatura das partículas desce de uma forma considerável e, ao serem expulsadas da máquina, não tendem a expandir se como nos modelos anteriores.
Os dois modelos de diferentes fabricantes que conseguem a fumaça baixa são o ICE MACHINE (que levam incorporada uma máquina FOGGER geralmente de 1000w) e os modelos tipo COLDFLOW, que são refrigeradores do volume de fumaça, mas que têm a particularidade de que podem ser utilizados por máquinas de fumaça FOGGER de qualquer outro fabricante.
Seu custo é comumente mais elevado do que as máquinas de fumaça e neblina, devido à necessidade de usar mais tecnologia.
Estes tipos de máquinas só funcionam com o líquido Smoke “Low Fog” de USA Liquids.
Geralmente este efeito vai associado diretamente à criação de ambientes “mágicos” e etéreos. Sempre foi um efeito muito apreciado naqueles desenhos que procuram um forte impacto criativo.
No caso de que o aparelho esteja colocado no chão, pode-se obter o efeito óptico e criar a sensação de “flutuar” sobre as nuvens ou de estar num meio paradisíaco.
Como a fumaça tende a cair, permitirá criar efeitos originais como o de cascata. Este efeito consegue-se situando a máquina em alto, fazendo desta forma que a fumaça desça de forma livre para o solo.

Neve:

dicas-efeitos-04A máquina que permite criar o efeito de copos de neve caindo é a FOAMER MACHINE. Colocando a máquina a uma altura determinada conseguirá que caiam pequenos copos de espuma, criando o efeito neve.
O líquido que se utiliza para conseguir este efeito é o USA Foam Fluí.

 

 

 

 

Espuma:

dicas-efeitos-05O efeito espuma consegue-se utilizando máquinas mais importantes, de maior porte e com capacidade de processar maior volume de líquidos. Desta forma cria-se um fluxo contínuo de espuma, que se acumula desde o solo. Chegar a criar grandes volumes é o objetivo deste tipo de efeito, cobrindo à audiência como nas denominadas ESPUMA-PARTY.
Neste caso, o líquido que se utiliza para criar espuma é das mesmas características químicas do líquido de neve, mas é preparado em concentrações maiores, USA Hi-Foam Fluid é sua denominação de origem.

 

 

Bolhas:

dicas-efeitos-06Usando uma máquina de bolhas para criar diversos efeitos teatrais é uma grande maneira de agregar um sentido da magia e beleza a qualquer apresentação ou show. Assim como temos diferentes tipos de máquinas de bolha, temos também diferentes tipos de líquidos para máquinas de bolhas. É possível que deseje experimentar com algumas antes de sua atuação.

Gere uma cascata suave de bolhas colocando várias equipes geradoras de bolhas perto do teto, parecerá que estão caindo por arte de magia.

Oriente a saída de uma máquina de fumaça de tamanho pequeno para o ventilador de rendimento de ar da sua máquina de bolhas para criar uma tormenta de bolhas cheias de fumaça. Isto fará que as bolhas sejam mais visíveis para o público, e após um tempo irromperão em pequenas nuvens de neblina, que é outro efeito interessante.

Use uma luz estroboscópica com uma nuvem de bolhas em cascata. Isto produzirá um efeito dramático e fascinante para as sequências de sonhos em obras de teatro e musicais, espetáculos de rock, os atos discoteca ou qualquer outro tipo de espetáculo que requerem este tipo de efeito.
Efeitos de bolhas estão sendo utilizadas em muitas produções de entretenimento televisivo e de teatro, grandes bandas de rock estão começando a incorporar em seus shows a emoção das bolhas, como Areosmith, Britney Spears e The Pussycat Dolls.

Importante:

  • Nunca deixe de ler o “Manual de Instruções da Máquina” como primeiro passo antes de utilizá-la, esta regra é aplicável a qualquer dos efeitos que se precise gerar.
  • Nas máquinas de tipo Fogger (com caldeira de esquentamento) devem deixar uma DISTÂNCIA DE SEGURANÇA de 50 cm no mínimo entre a saída da máquina e as pessoas.
  • A manutenção de sua máquina de fumaça é algo que deverá ter em conta com regularidade e em especial após de cada uso. Sempre deve limpar a máquina de fumaça de acordo às instruções do fabricante. Água destilada é o que se deve utilizar para fazer esta limpeza, qualquer for o tipo de máquina que deseje limpar. As máquinas de neblina HAZER que utilizam formulações em base a azeites, são a EXCEÇÃO a esta regra.
  • O fator mais importante que pode afetar em especial às máquinas de fumaça, é sua eleição de líquidos. É muito importante escolher um líquido de marca reconhecida, isto, sem dúvida, reduzirá os problemas de maneira significativa. Utilizar líquidos de marca incerta só acrescentará mais risco e custos de serviços de manutenção. Pense neste cenário, se alguém já gastou muito dinheiro numa máquina de fumaça cara, por que poupar em algo que é muito importante e vital para o coração da máquina de neblina? Outro tipo de líquidos contêm produtos químicos de menor qualidade, com menos pureza e maior quantidade de água, isto reduz seu tempo de efeito no ambiente e faz que desapareça mais rápido.
  • Não permita que o líquido de neblina se contamine. Sempre volte a colocar as tampas dos contentores de líquido das máquinas imediatamente após o enchido.

 

E por último… a pergunta que seguramente você se estará fazendo: podem ser nocivos os líquidos utilizados para criar EFEITOS ATMOSFERICOS (neblina, neve, fumaça, espuma ou bolhas)?
Rotundamente… NÃO.

curso-laser

Curso acelerado de lasers

curso-laser

A palavra laser é um acrônimo que significa Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação. Segundo os dicionários a origem da palavra remonta-se a 1960, que é quando TH Maiman desenvolveu o primeiro laser óptico. Há muito da física por trás de como é criado um feixe de laser, fato que vamos tentar simplificar.
Em primeiro lugar vamos considerar os átomos, os elétrons e fótons. Um átomo compõe-se de um núcleo rodeado por uma “nuvem” de elétrons. Estes elétrons normalmente orbitam ao redor do núcleo num determinado nível de energia, denominado estado fundamental. Quando a energia (em forma de luz, calor, radiação, etc.) aplica-se aos átomos, os elétrons se elevam a um nível mais alto de energia chamado estado excitado. Para voltar ao estado fundamental, o elétron deve livrar sua energia em excesso, o que ocorre em forma de calor e com a emissão de um fóton. Percebemos estes fótons como luz visível.

curso-laser-02Os fótons produzidos desta maneira – ou de forma similar através do esquentamento de um filamento em uma lâmpada – produzem luz muito difusa. É dizer, os fótons deixam o filamento de viagem em todas as direções. Além disso, os fótons podem estar em diferentes longitudes de onda, o que faz que alguns fótons se anulem entre si. Tudo isto cria um feixe de luz que se estende rapidamente e se desvanece na nada.

O laser atua sobre a teoria de Einstein da emissão estimulada que estabelece, basicamente, que um elétron pode ser “estimulado” a renunciar um fóton por outro fóton quando bater com ele.
O laser de Maiman utiliza um núcleo sólido de rubi “bombardeado” com a luz de uma lâmpada de flash. O rubi se reflete num extremo e no outro é parcialmente refletido. Como se excitam os elétrons dos átomos do rubi libertam fótons que viajam em diferentes direções. Muitos dos fótons simplesmente escapam dos lados do núcleo, mas alguns viajam ao longo do eixo correto e se refletem no extremo final. Como estes fótons viajam de regresso através do núcleo estimulam a emissão de outros, idênticos. Desta maneira gera-se uma reação em cadeia e em breve, a maioria dos fótons no núcleo são da mesma longitude de onda e viajam em paralelo. A parte final refletida do núcleo permite que alguns destes fótons fujam (“o feixe de luz laser”), enquanto o resto se refletem através do núcleo para estimular a emissão de mais fótons.

Devido a que os fótons são os que viajam na mesma direção, a luz que é produzida por um laser é bem mais coerente que a luz tradicional. Isto significa que um feixe de laser viaja muito mais, sem perder a intensidade. No entanto, devido a que o feixe não se dispersa à medida em que viaja, um laser produz geralmente um ponto muito pequeno de luz no alvo. Para criar um feixe de luz mais visível muitos efeitos fazem uso de um escâner, um conjunto de pequenos espelhos vibrantes que podem criar todo tipo de patrões e efeitos com a luz. Além disso, as maiorias dos efeitos de laser veem-se melhor quando se projetam através de nevoeiro ou bruma. Isto se deve a que as partículas de fumaça refletem parte da luz laser, o que faz o feixe visível em toda sua longitude.
Os primeiros lasers desenvolvidos por Maiman e seus contemporâneos utilizavam materiais pouco frequentes e luzes de alta intensidade para criar o feixe de laser. Isto significava que o equipo necessário para criar um efeito laser fosse muitas vezes caro para a maioria das pessoas. Recentemente, o desenvolvimento de laser de díodo levou a ter uma grande quantidade (alguns diriam em excesso) de equipamentos de baixo custo, desde os ponteiros laser, os escâneres de códigos de barras até os efeitos especiais de iluminação.

curso-laser-01Se falamos de díodos laser utilizados para criar efeitos especiais de iluminação, diremos que o intenso feixe de luz, em qualquer de seus muitos patrões geométricos, cria um aspecto surpreendente num cenário ou pista de dança. Este efeito acentua-se quando o feixe se projeta por uma atmosfera saturada de nevoeiro gerado por uma máquina de fumaça. Isto pode criar enormes feixes de luz ou “túneis laser” em redor dos artistas. Além disso, um conjunto de espelhos motorizados podem ser acrescentados para criar uma simulação de um efeito de iluminação inteligente e aumentar o impacto geral do laser.

Os lasers classificam-se segundo a quantidade de energia que produzem e o perigo biológico de suas emissões. Devido a que muitos dos equipamentos de laser modernos utilizam grandes potências, o raio que se cria, pode ser prejudicial para o olho se for visto diretamente.
Portanto é uma boa ideia, para qualquer que use este tipo de equipamento, que a posição da unidade e dos espelhos para desviar o feixe sejam colocados de maneira que os membros do público, clube ou os assistentes não o vejam diretamente. O posicionamento do laser nos cantos de seu espaço ou apontando para baixo num ângulo empinado pode evitar que as pessoas procurem acidentalmente o feixe de luz.

Esta teoria básica vai ajudar você há encontrar um pouco a física deste tipo de efeitos.

dicas-limpar-maquina-de-fumaca

Limpeza das Máquinas de Fumaça (ATENÇÃO)

dicas-limpar-maquina-de-fumaca

Como posso limpar minha máquina de fumaça?

Você Não, Não limpe a máquina de fumaça antes de guardá-la!! Se você vai deixar um tempo de usá-la, isto pode fazer que se seque o líquido em seu interior e a bomba fique inutilizada.

Dito isto, devemos assinalar que na verdade há momentos em que a limpeza é necessária, mas só em certos casos, e há que fazê-lo de uma maneira muito especial, que vamos expor detalhadamente.

Em primeiro lugar, falemos do que uma máquina de fumaça em realidade tem.

dicas-limpar-maquina-de-fumaca-01Uma máquina de fumaça toma líquido de fumaça em forma de líquido e converte-o em um aerossol que sai em forma de névoa pelo bico da máquina. Isto se consegue mediante a utilização de uma combinação de pressão e calor. Bombeia-se o líquido de fumaça através de um pequeno canal numa câmara climatizada a uma determinada temperatura, dentro desta o líquido muda a um estado vaporizado que ao sair ao ambiente absorve a umidade do mesmo (por ser um produto higroscópico: que absorve e retém a umidade) o que se traduz em uma nuvem de névoa densa e compacta. A temperatura da calefação se correlaciona com a temperatura de vaporização do líquido. É por isso que só deveria utilizar líquidos de fumaça com avançados desenvolvimentos tecnológicos e de reconhecida qualidade para evitar os molestos cheiros a queimado ou a químicos farmacêuticos que as máquinas emanam e o rompimento de caldeiras ou bombas que se produzem quando se utilizam líquidos caseiros ou de má qualidade.

O fluido para fumaça é, geralmente, uma mistura de água purificada e diferentes glicoles de acordo ao efeito que se deseje obter. Os líquidos de fumaça para Efeitos Especiais de modernas formulações estão feitos com ingredientes de alta qualidade. As Máquinas de efeitos especiais nunca devem ser limpas sempre e quando o líquido estiver posto em seu tanque.

Líquidos com ingredientes de baixa qualidade ou inadequados entopem os esquentadores das máquinas. Aditivos, tais como cores, podem entupir a caldeira de uma Fogger. Se um fabricante de líquido de fumaça aconselha uma limpeza de rotina, então esse produto NÃO é recomendado para sua utilização, com segurança o mesmo deixa resíduos nas máquinas, e seguramente levarão ao rompimento de alguma de suas partes, e, além disso, pensando em um maior interesse: é seguro respirar essa fumaça??

Se você notar que seu Fogger diminuiu a produção, em comparação com sua produção normal, então, uma limpeza pode ser de utilidade. Se o nebulizador não tiver saída, ou seja, que se entupiu totalmente, a limpeza não lhe ajudará. Pelo contrário, se a saída de seu nebulizador estiver em diminuição, você deverá limpar o seu Fogger antes que a saída se detenha completamente.

dicas-limpar-maquina-de-fumaca-02Para limpar o nebulizador, pode adquirir num supermercado local 1 litro de água destilada e um pouco de vinagre de álcool (ou acido acético). Com isto, prepare uma solução de 50% de água destilada e 50% de vinagre de álcool. Esvazie sua máquina de fumaça de todos os fluidos e não os reutilize (não jogue nenhum produto no esgoto público). Encha o reservatório com a solução de 50/50 de água e vinagre. Acenda sua máquina numa área ventilada, deixe aquecer e faça circular essa fórmula como de costume. O vinagre deveria dissolver, ao menos, algumas das impurezas que se encontrarem na bomba e /ou esquentador, e a água deveria expulsá-las. Quando estiver satisfeito com o procedimento de limpeza (com uma nebulização agradável e estável, com boa produção), esvazie a máquina de fumaça da solução de limpeza. Faça circular agora um quarto de litro de água destilada pura e seguidamente encha o reservatório com o líquido novo. Acenda a máquina novamente e faça funcioná-la como de costume. A máquina está agora pronta para seu emprego e /ou armazenamento.

Gostaríamos de destacar que uma máquina de fumaça nunca deve ser guardada imediatamente após a limpeza. Você sempre deve pôr fluido de fumaça na máquina e fazer que o fluido circule durante uns minutos antes de guardá-la. Uma máquina nunca deve ser armazenada, nem sequer por um dia, sem líquido de fumaça na bomba e ou aquecedor.

Estes conselhos e informações serão muito úteis e farão que você pense duas vezes antes de fazer uma “limpeza” de sua máquina.

dicas-neve

Perguntas sobre a neve

dicas-neve
dicas-neve-02O fluido Foam é 98 por cento de água e duas por cento de surfactante. Os surfactantes são as substâncias que geram os melhores efeitos de neve.

Esta solução, utilizada em nossas máquinas de neve, cria um aspecto realista de nevadas. A solução se injeta com uma bomba de água através de um material de malha para gerar a neve artificial mais realista do mundo.

A água começa a se evaporar em matéria de segundos, o que faz que os copos reduzam seu tamanho e se façam mais ligeiros até que desaparecem. A substância química surfactante se converte em partículas microscópicas e também desaparece. Os tensoativos utilizados em Foam Fluid são formulação de cosméticos, do grau mais alto possível. São hipoalergênicos, bio degradáveis, não tóxicos e não mancham.

Quando as máquinas se utilizarem corretamente, não deixam rastos de umidade. Durante anos, nossos produtos foram utilizados para gerar efeitos de neve para milhões de visitantes nos parques temáticos, discotecas e produções para entretenimento televisivo.

Geram-se copos muito grandes, podem ter um pouco de umidade, que pode remover o pigmento de algum tipo de seda. Nestes casos, o tamanho dos copos tem que se ajustar a um tamanho pequeno para dar lugar a uma rápida evaporação.

 

 

É escorregadiço?
O produto, utilizado com a configuração correta, pode se executar continuamente sem deixar superfícies escorregadias. Isto se pode melhorar estabelecendo o tamanho dos copos para que se evaporem antes que toquem o solo.

Tem uma vida útil?
Sim, pode-se armazenar até 2 anos sem ser aberto.

Qual é a diferença entre o Foam e o Hi-Foam?
O fluido Foam é uma formulação pré-misturada, pronta para usar numa máquina de neve. O Fluido Hi-Foam é a formulação concentrada que não está pronto para usar. É utilizado numa concentração do 1 ao 1,5% com água de excelente qualidade.
Água deionizada é à base de todas nossas formulações pré-misturadas. Desde sua origem nosso produto é utilizado para a indústria cinematográfica de maneira que se a neve cair sobre uma lente da câmara, não deixará rastos nem marcas. Dado que esta formulação não tem nenhum produto químico, seca-se e não deixa filme.

dicas-neve-01Posso usar água regular da torneira?
Se seu caso não requerer o uso de uma câmara de cinema tenha em conta que a água da torneira que utilizará possui agentes duros que podem fazer que o produto baixe seu rendimento. Neste caso, só utilize pré mistura Ou. S.A. Foam Fluid.

U.S.A. Hi-Foam Fluido Concentrado – Advertência!
Por favor, leia antes de misturar este produto com água as instruções de misturado, a concentração pode ser de até 1 ou 1,5% no mínimo de produto em água de excelente qualidade, disto dependerá o sucesso de seu efeito. É recomendável o uso de água deionizada.
A água corrente, água potável ou água de poço se pode utilizar com as seguintes advertências: alguns tipos de águas contêm alto conteúdo mineral e podem reduzir drasticamente a produção de neve. Além disso, estes minerais não produzirão uma escama branca e brilhante. Se a água deionizada não estiver disponível, use água destilada. Assegure-se de que se adiram às proporções da mistura.
Se você tiver alguma pergunta, ou uma história para contar, faça-a chegar a nosso e-mail.

COMENTÁRIOS RECENTES

TRABALHOS RECENTES

EM BREVE!

NEWSLETTER

Nome

E-mail